Os números de Bordeaux em 2012


É sempre bom atualizarmos os números de Bordeaux, a maior região vinícola da França, com folga. São sessenta apelações de origem em mais de cento e dez mil hectares de vinhas. Suas exportações  em euros respondem por cerca de 44% dos vinhos tranquilos franceses. Esses e outros números estão disponíveis no link abaixo, junto ao mapa de Bordeaux.

http://www.bordeauxpresse.com/upload/article/Essentielenchiffres.pdf

clique no link acima

As uvas tintas dominam amplamente a região com 89% da superfície plantada. A Merlot é de longe a tinta mais cultivada com 63% , seguida pela Cabernet Sauvignon com 25%, Cabernet Franc com 11%, e apenas 1% de outras tintas (Malbec e Petit Verdot, sobretudo). 

É fácil explicar o domínio da Merlot, principalmente levando em conta apelações mais genéricas e portanto, de maior produção. É uma uva de maturação relativamente precoce, sujeita a um menor risco de chuvas na colheita e além disso, molda vinhos fáceis de beber, com muita fruta e maciez agradável.

Quanto à superfície das principais apelações bordalesas, percebemos que as sub-regiões de Médoc, Graves, Pomerol e Saint-Émilion, as mais nobres de Bordeaux, não chegam a 30% do total da área plantada. Os grandes châteaux que realmente fazem a fama da região nestas apelações com muito boa vontade chegam a 10% da superfície bordalesa.

Os altos preços dos famosos vinhos doces da região (principalmente Sauternes e Barsac) são justificados pela baixíssima produção. A área cultivada desses vinhos representam somente um porcento do total. Se levarmos em conta somente os grandes châteaux para este tipo de vinho, a área cultivada é irrisória. 

As exportações bordalesas são lideradas em volume pela China, Alemanha e Bélgica, respectivamente. Já em termos de valores, Reino Unido, China e Hong-Kong, assumem a ponta, respectivamente.

O impacto, a notoriedade e a visibilidade dos vinhos franceses no mundo são calcados sobretudo nas regiões de Bordeaux e Champagne. Os números traduzem melhor este glamour. A cada segundo são abertas dez garrafas de champagne no mundo e vinte e três garrafas de vinhos bordaleses. Em qualquer língua esses nomes (Bordeaux e Champagne) não precisam de tradução, é pura magia. 

Lembrete

Vinho Sem Segredo na Rádio Bandeirantes FM (90,9) às terças e quintas, no Manhã Bandeirantes e no Jornal em Três Tempos.

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: