Consumo Mundial de Vinhos


Segundo dados recentes, parece que o consumo mundial de vinhos tende a estabilizar em torno dos duzentos e cinquenta milhões de hectolitros anuais, conforme tabela abaixo.

França e Estados Unidos: disputa acirrada

A França continua puxando a fila, mas os Estados Unidos parece que tomou conta do segundo lugar, embora seja um país de dimensões continentais. Itália e Espanha continuam descendo a ladeira, enquanto os demais apresentam certa estabilização. A China ainda consome pouco em termos absolutos, mas qualquer centésima porcentagem de sua população que resolver tomar vinho é sempre um potencial altamente considerável.

França e Portugal: mantendo as tradições

O consumo per capita conforme tabela acima, mostra França e Portugal com bastante força, mesmo que em algumas décadas atrás, estes números giravam em torno de cem litros anuais por habitante. Itália e Argentina ainda mantêm bons números de consumo, os quais já foram bem melhores num passado não muito distante. A China é um gigante por enquanto adormecido. Entretanto, se seus atuais 1,3 litros/habitante passarem a somente 3,0 litros/habitante, este país será com folga o maior consumidor mundial de vinhos. Nosso Brasil, não é de hoje, luta para ultrapassar a marca de dois litros anuais por habitante. E dá-lhe cerveja pessoal!

Anúncios

Etiquetas: , , , , , , , , , , , ,

4 Respostas to “Consumo Mundial de Vinhos”

  1. Jorge Alonso Says:

    Nelson,

    Ótimo post, muito informativo.
    Impressionante como o Brasil estacionou na mesma marca a anos (tanto do consumo geral, como do per capita).

    Fiquei com uma dúvida, esse dado do Brasil inclui apenas vinhos finos? Ou os de uva americana também estão no pacote?

    Parabéns pelo blog e bons vinhos!

    Gostar

  2. Fernando Basile Says:

    Caro Nelson, caro Jorge

    Enquanto vinho no Brasil for encarado como luxo, vai continuar assim… afinal, luxo é para poucos!
    Quero ver se o consumo não aumentaria se um espumante nacional razoável pudesse ser comprado no PDV por equivalente a 10 dólares e vendido no restaurante por 15, se um tinto ou branco bebível (nacional ou importado) também nessa faixa…

    A mentalidade aqui ainda é ganhar muito vendendo pouco…

    Lamentável!

    Louvável é o seu Blog, Nelson! Parabéns novamente!

    Fernando Basile

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: